O Turismo de Luxo na Crise

Que em toda crise existem oportunidades nós já sabemos. É hora de sair da zona de conforto e repensar estratégias, inovando nos processos e nos pensamentos.

O relatório da Bain & Company trás algumas informações e dicas interessantes sobre como fazer a gestão de um negócio de luxo em um ano de crise:

  • Administrar bem o câmbio.
  • Ajuste de preços
  • Investimento no turismo global

Em um comparativo com o ano 2000, os números impressionam:

  • Faturamento do mercado de luxo em 2000 – U$ 128 bilhões x U$ 228 bilhões em 2015.
  • Antes, a consciência de preço e o fator online tinham valor limitado. Hoje, 60% das marcas de luxo tem sites com os preços dos seus produtos, e o nível de comparação é altíssimo.
  • O Turismo global representava 35% das vendas, com Americanos e Japoneses viajando preferencialmente para a Europa. Atualmente, 50% dos luxury goods no mundo vem de turistas, na maioria chineses, viajando para os quatro cantos do mundo.
  • Em 2000, havia 140 milhões de consumidores de alta renda no planeta. Menos de 2% vinham da China, Hoje são mais de 350 milhões de pessoas, e mais de 30% desse pessoal são chineses.

Captura de Tela 2016-04-18 às 14.15.07

Fato é dizer que, apesar das questões econômicas mundiais, o segmento continua prosperando. A questão é enfrentar o período com um plano de vôo mais equilibrado.

E os desafios que a Bain & Company lista são:

  • Harmonizar os preços internacionais sem ceder demais nas margens.
  • Reduzir a marcha expansionista para concentrar energia onde se precisa.
  • Mudar o papel dos pontos de vendas em tempo de consumo online.
  • Buscar resultado em ações pontuais de engajamento e não mais no ‘mercado de massa’.
  • Agregar aos turistas sem desagradar à comunidade local.

Não será fácil, e exigirá coragem e espírito inovador. Mas isso os empreenderes do setor tem de sobra, certo?!

=========

Leia também:

O Futuro dos Hotéis de Luxo

Tendências do Luxo para os próximos anos.

É Puro Luxo

Palestrante e Diretora da GO Associados, especializada em Capacitação de Pessoas, Excelência em Serviços, Marketing, Gestão do Luxo, Turismo e Hospitalidade. Gabriela atuou por 20 anos em reconhecidas multinacionais.